Nosso Blog é melhor visualizado no navegador Mozilla Firefox.

Pesquisar este blog

Total de visualizações de página

Google+ Followers

Follow by Email

Translate

Seguidores

sábado, 13 de julho de 2013

O Yìjīng (I Ching易經): O “Clássico das Mudanças”, numa abordagem contextual abrangente e perspectiva comparativa (curso de extensão 2013-2)



O Yìjīng (I Ching易經): O “Clássico das Mudanças”, numa abordagem contextual abrangente e perspectiva comparativa (curso de extensão 2013-2)
Coordenadora: Profa. Dra. Cláudia Andréa Prata Ferreira (Depto LEO/ FL/UFRJ)
Palestrante: Prof. Dr. Orley Dulcetti  (CERAL/PUC-SP).
Ementa: O curso tem por objetivo fazer uma abordagem abrangente do “Clássico das Mudanças” (Yìjīng易經). Ensinar a origem histórica e tradicional, do casco da tartaruga à formação das diversas camadas textuais, a composição estética e conteúdo, a estrutura diagramática e combinatória de correlação dos yáo (), dos diagramas guà (); os dispositivos do céu anterior e posterior, segundo o contexto da inteligibilidade yīnyáng, do processo e funcionamento (dào), das mudanças e transformações. Apresentam-se os comentários, interpretações dos pensadores chineses antigos. Algumas reflexões com as apropriações em autores contemporâneos, bem como, realizam-se comparações com as versões interpretativas do figurismo cristão, do neofigurismo de Richard Wilhelm, difundidos na atualidade ocidental, seguidos de uma análise e exemplificação do primeiro (qián) e segundo guà (kūn) do Yìjīng.

Vagas: 25 participantes
Dia (s) da semana: 5ª-feira
Horário: 14h-15h40min
Período: 12 de setembro a 03 de outubro de 2013 (4 encontros)
Programa:
12/09: A origem do Clássico das Mudanças, a formação textual, os diagramas da composição estética e do conteúdo segundo o pensamento chinês antigo. Os dispositivos do céu anterior e posterior.
19/09: Comentários e interpretações contextuais do Clássico.
26/09: Análise contextual do primeiro e segundo diagramas (guà) do Clássico das Mudanças.
03/10: Exemplos de trechos das versões ocidentais do Yì com elementos figuristas cristãos, neo-figuristas de Wilhelm.

Veja mais:

Nenhum comentário: